Institucional

Irmã Clara

 A Irmã Clara Bosatta nasceu em Pianello, nas margens do Lago de Como, Itália, aos 27 de maio de 1858.

Junto com sua irmã Marcelina, fez parte do primeiro grupo das jovens que assumiram o carisma do Padre Luís Guanella, iniciando a congregação das irmãs Filhas de Santa Maria da Providência.

Irmã Clara viveu intensamente e com fidelidade sua Consagração Religiosa e a missão guanelliana. Percorreu generosamente o caminho da perfeição cristã, com humildade, simplicidade e muito amor. Assumiu os sofrimentos que a vida lhe proporcionou, como meio de participar dos sofrimentos de Jesus Cristo. Tornando-se forte, confiando a sua existência ao Senhor como Pai Providente e Misericordioso.

Enriquecida por Deus com especiais carismas, ela tornou-se um dom precioso sendo "toda para todos". Era amada e querida de maneira particular pelas meninas órfãs na casa onde trabalhava, as quais a consideravam "o Anjo da Casa".

Seu espaço de tempo nesta vida durou apenas 29 anos, mas foram suficientes para testemunhar a caridade entre os mais pobres e viver um amor apaixonado por Jesus Cristo .

Aos 20 de abril de 1887 depois de um longo período de doença, ela deixa este mundo e vai para a casa do Pai. Em seus últimos momentos de vida, dizia: "Verei o meu Senhor".

As pessoas ao anunciarem a sua morte diziam, que uma santinha tinha morrido, com isso iniciou uma devoção.Muitos iam até o seu túmulo para pedir bênçãos e graças.

O Papa João Paulo II, no dia 21 de abril de 1991, proclamou ao mundo que Irmã Clara é "bem-aventurada", uma pessoa que viveu profundamente os valores evangélicos, respondendo com fidelidade o chamado e o Projeto de Deus nesta terra.